A transparência da cadeia de valor já é reconhecida como uma das principais prioridades para os C-leves de gestão da cadeia de suprimentos, diz estudo feito pela KPMG. Nos dois últimos anos (2018 e 2019) assegurar rastreabilidade e visibilidade da cadeia estão em primeiro, na lista de investimentos das empresas. Mas você sabe o que é transparência e o que ela tem a ver com o futuro do seu negócio?

A resposta é simples. Tudo. Recentemente houve uma pesquisa entre os consumidores que deixou as empresas alarmadas. Este estudo “trouxe para a mesa” que o consumidor não se importa se 74% das marcas sumirem. Sim, você leu direito, ou seja, para muitos consumidores você pode estar neste “bolo” de não ter relevância para o mercado e ser rapidamente esquecido ou melhor, substituído. E como mudamos o jogo?

Antes de mais nada precisamos entender o que é transparência. É um processo fundamental de aumento da visibilidade e rastreabilidade, coletando e compartilhando informações em toda a cadeia e comunicando-as às partes interessadas internas e externas autorizadas. Assim, ao contrário do que muita gente pensa, transparência não é informar tudo, mas o necessário e relevante para o público autorizado.

Com isso tempos níveis de transparência que são alcançados pela empresa gradualmente, de forma a ter e entregar mais valor ao mercado:

  1. Transparência Interna: Observar a transparência nas empresas, ou seja, no nível da função e suas operações . O foco aqui é primariamente permitir uma tomada de decisão eficiente e reduzir o desperdício para proporcionar melhor eficiência operacional.
  2. Transparência da Cadeia de Valor: Olhando para a transparência com os parceiros de primeiro ou segundo escalões (Tier 1-2) da cadeia de valor, ou seja, do lado do cliente e do lado do fornecimento. O fator básico é fornecer um serviço melhor que resulte em aumento de receita e maior eficiência operacional.
  3. Transparência de Ponta a Ponta (muti tier): Analisar a transparência em vários níveis da cadeia de valor (com um foco maior no lado de fornecimento), com um objetivo básico adicional de fornecer garantias às partes interessadas internas e externas sobre tópicos específicos, por exemplo. trabalho infantil, cadeia de suprimentos circular, salários justos, desmatamento, neutralidade de carbono etc., que afetam diretamente a marca e a reputação no mercado.

Quanto mais avançarmos o nível de transparência de nossa organização, mais conectados com o consumidor e mercado estaremos. A empresa de pesquisa Nielsen prevê que a transparência será uma necessidade para bens de consumo embalados em 2020, como resultado dos baixos níveis de confiança da sociedade atualmente. No entanto, alcançar esse objetivo não é fácil e não conseguimos “da noite para o dia”. É preciso trabalhar as conexões e, principalmente, mudar a cultura da empresa (parte mais difícil).

Um dos valores mais importantes para gerar transparência é a oportunidade de permitir novos modelos de negócios e proposições de valor. Os relacionamentos entre empresas, seus fornecedores e clientes se tornam mais fortes ao criar uma mudança radical, com foco no cliente. Maior transparência da cadeia de valor também contribui para a desmistificação de cadeias questionáveis e garante práticas de fornecimento e produção mais éticas e sustentáveis.

A visibilidade ajuda a reduzir riscos e custos, pois garante menos interrupções e desperdício nas operações em toda a cadeia de ponta a ponta. As empresas são capazes de responder de forma mais rápida e proativa aos riscos e ineficiências operacionais. A rastreabilidade permite monitorar com precisão e eficiência e evitar problemas que possam surgir antes ou depois da entrega do produto aos consumidores.

A LotsApp tem uma solução que conecta a cadeia de valor para que as informações possam ser coletadas e compartilhadas de forma fácil e segura. A segurança se dá por meio de mecanismos antifraude que foram implementados para as trocas de custódia dos lotes e também pela imutabilidade e transparências que o blockchain proporciona para a cadeia de suprimentos. O feedback pode ser rapidamente recebido pela avaliação mútua de seus membros (estilo Uber) onde quem entrega o lote avalia o cliente e quem recebe avalia o lote e/ou transporte. Imagine poder rapidamente tomar ações que garantam a minimização de riscos e fidelização de seus clientes. Colocar o cliente no centro do negócio é sempre a melhor escolha.

× Como posso te ajudar?