Parece óbvio, mas em um mundo cada vez mais competitivo, onde os negócios são desafiados a entregar alta performance, preço baixo e qualidade acima da média, não podemos nos esquecer que os consumidores são pessoas. E elas compram confiança!

No livro Who Can You Trust? a autora Rachel Botsman mostra que muitas vezes esquecemos que a confiança é como ouro líquido ou cola social – é o que permitiu aos seres humanos cooperar e colaborar desde o início dos tempos. Essa confiança que move o consumidor a escolher o seu produto dentre as marcas disponíveis no mercado.

Uma companhia pode tomar atitudes que aumentam os lucros e, ao mesmo tempo, melhorem as condições econômicas e sociais nas comunidades onde opera. Trata-se de priorizar a tranquilidade dos clientes em relação aos lucros imediatos.

Edelman Trust Barometer 2019. Classifique o quanto você concorda ou discorda das seguintes afirmações. Escala de 9 pontos; 4 primeiros, concordo. Pergunta feita a metade da amostra. Público total, média de 26 países,

A percentagem global dos que concordam com a afirmação acima foi de 73%, sendo que no Brasil ficamos acima da média (78%). Este estudo feito pela Eldeman Trust Barometer mostra o quão os brasileiros, acostumados a desconfiar das instituições, valorizam marcas que buscam melhorar as condições das comunidades onde atuam. A sua marca entrega isso?

Os caminhos para construir capital de confiança são:

  • Lidere a mudança: Seja inspirador e responda aos receios gerados por mudança de impacto pessoal;
  • Comece localmente: Resolva os problemas em “casa” e melhore as condições sociais das comunidades locais nas quais opera;
  • A liderança do CEO: Viva os valores da empresa e envolva-se diretamente – seja visível e mostre o comprometimento pessoal dentro e fora da organização;
  • Promova a transparência da cadeia de suprimentos: Promova o compartilhamento de informações entre os membros da cadeia e mostre essa transparência aos seus clientes – eles precisam saber e vão valorizar o seu trabalho.

Na era digital, o colapso da confiança nas instituições deixou um vácuo que as inovações tecnológicas estão ajudando a preencher. Graças a ela informações de origem, produtor e outros membros da cadeia podem ser compartilhados de forma segura e transparente. Isso permite que os elos de confiança possam ser novamente estabelecidos e, quem ganha, seguramente são as marcas que estão à frente desta mudança. Agora só depende de você agir e mostrar ao mundo que faz diferente!

× Como posso te ajudar?